Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/decoban/public_html/wp-content/plugins/wordpress-mobile-pack/frontend/sections/show-rel.php on line 37

Materiais utilizados na produção de banheiras: escolha a sua banheira e relaxe!

Por Ana Cláudia | Banheiras, Spa | em 9 de março de 2011



No Brasil, são mais comuns dois tipos de materiais para a fabricação do casco de uma banheira, o mais conhecido é a fibra de vidro ou tecnicamente “gel coat” (gel de revestimento) e a outra opção é o acrílico que é um material mais nobre.

Mas os materiais utilizados na produção de banheiras variam muito, podem ser de louça sanitária, fibra de vidro, acrílico, madeira e agora também em Quarrycast.

Conheça as características de cada uma das materias primas:

Banheira de louça sanitária

Banheiras de Louça: até final dos anos 80 as banheiras eram fabricadas em louça sanitária e pesavam entre 150 a 250 kg. Eram caras, pesadas, frágeis e com pouca diversificação de modelos. Um artigo de extremo luxo.

Banheira de fibra de vidro

Banheiras de Fibra de vidro: no início da década de 90, novas tecnologias foram aprimoradas e popularizadas. Assim iniciou-se a fabricação de banheiras nesse material. Extremamente leve, cerca de 20 kg, e resistente.O gel coat é um tipo de resina. É como se fosse uma tinta mais grossa que quando endurece toma o aspecto de louça sanitária. No processo de fabricação esse gel é aplicado em uma fôrma positiva que tem o formato preciso da banheira SPA. Após o prazo de secagem ele endurece e, a partir daí, essa “pintura” é reforçada com a laminação de várias camadas de fibra de vidro que vão garantir o reforço estrutural do casco da sua banheira SPA. Depois de desenformada a banheira passa por um polimento é está concluída a primeira etapa de fabricação.

Se você optar por uma banheira SPA em gel coat / fibra de vidro que é a opção mais barata, é importante sempre protegê-la do sol com algum tipo de capa. Caso contrário, com o passar do tempo, o acabamento terá um desgaste gradual tendendo a um amarelamento.

Outro ponto que você precisa observar é o de não deixar a água suja, parada muito tempo dentro da banheira. Em casos extremos, isso poderá manchar o casco da banheira  que em gel coat tem uma microporosidade onde a sujeira pode agarrar-se e tornar a limpeza difícil.

Banheira de acrílico

Banheiras de Acrílico: surge já no início do novo milênio como aprimoramento da escala de produção. Devido a sua alta produtividade tornou-se uma tendência entre os fabricantes. Produto de excelente acabamento, plasticidade, porém não tão resistente quanto a fibra de vidro. Em muitos casos não permite recuperação de arranhões e perda de brilho.

O acrílico é o material mais indicado para a fabricação de banheiras. Principalmente se o acrílico for um acrílico sanitário desenvolvido especificamente para esta aplicação.

A fabricação do casco em acrílico é diferente de uma em Gel Coat. As chapas importadas de acrílico são moldadas em uma forma negativa. O processo de fabricação consiste no aquecimento desta chapa e quando o material está amolecido é moldado a vácuo de forma a se tornar uma cópia exata da forma.

Apesar do preço mais alto as vantagens do acrílico são uma beleza incomparável e maior durabilidade. As banheiras de acrílico são mais bonitas, têm mais brilho. Sua superfície é mais lisa e portanto mais fácil de limpar. Expostas a sol e chuva  já demostraram manterem-se bonitas por muito mais tempo. Tampouco tendem ao amarelamento.

As banheiras de acrílico são também mais resistentes aos produtos químicos que serão utilizados no tratamento da água. As banheiras em acrílico podem até mesmo serem tratadas com cloro embora não recomendamos o cloro como o método mais indicado para o tratamento da água nas SPAS.

Banheiras de Madeira: tecnologia antiga, que envolve apenas a lapidação da madeira para obter o perfeito encaixe. A madeira ideal para a fabricação de ofurô é o cedro, por possuir naturalmente características fungicidas.

As Banheiras de Madeiras ou Ofurô são utilizadas nos autênticos rituais do Japão, os banhos de imersão em ofurô são extremamente benéficos para a saúde. A par da limpeza de pele ou relaxamento muscular e mental, a água aquecida proporciona a estimulação glandular e reequilíbrio hormonal.

Banheira de madeira - Ofurô

Banheiras em Quarrycast: Quarrycast® é um material patenteado desenvolvido a partir de uma rara rocha vulcânica misturada à resina. Naturalmente brancas e ultra-duráveis (25 anos de garantia), as banheiras têm propriedades únicas, não amarelando ou desbotando com o passar do tempo e mantendo a temperatura quente do banho por mais tempo, quando comparada às tradicionais banheiras de fibra, acrílico ou madeira.

Banheira em Quarrycast - Premium

Agora é só escolher a sua e relaxar em um bom banho quente de banheira.


Gostou desse post, vote:
1 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 51 vote, average: 5,00 out of 5 (1 votos, Média: 5)

4 comentários sobre Materiais utilizados na produção de banheiras: escolha a sua banheira e relaxe!

  1. José Lúcio Tavares disse:

    Gostaria de saber sobre preço e condição de entrega

    • Wellington disse:

      Sr. José Lucio Tavares, indicamos que entre em contato coma empresa Doka Bath Works (www.dokabathworks.com.br) que poderão lhe apresentar banheiras vitorianas e contemporâneas, como as da primeira e ultima foto deste post.
      espero ter ajudado, gde abraço.

  2. Fernanda disse:

    Muito obrigada por essa publicação! Fui comprar uma banheira e o vendedor, de má fé, quis convencer que havia um novo tipo, que estava com um desconto incrível: o ISO, que descobri que é Gel COAT ISO!

    • Jose disse:

      Olá Fernanda,
      Gostaria que você informasse sobre detalhes de sua mansagem acima.
      Estou negociando uma banheira na loja, mas encontrei a mesma informação que se tratava de um novo material
      chamado ISO, que na realidade é o próprio gel coat.
      Abraços,
      José Alexandre

Escreva um comentário